Um espaço pensado para compartilhar conhecimento e assuntos relacionados ao universo têxtil, moda, tendências, tecnologias, novidades e tudo o que envolve o dia a dia de quem produz confeccionados. Informações de mercado, publicações segmentadas, entrevistas e insights que podem ajudar a sua empresa a melhorar ainda mais os seus resultados.

PROJEÇÕES SOBRE O FUTURO DO CONFORTO

Mesmo antes da Pandemia o conforto era um dos pilares da moda contemporânea, impulsionado pelo boom do streetwear. Com o lockdown, passamos a ficar mais tempo em casa e foi assim que a maioria de nós decidiu transformar o guarda-roupa, cada um à sua maneira, com peças larguinhas, de toque macio e efeito aconchegante.

Um recente relatório da plataforma WGSN reuniu algumas visões sobre o futuro do conforto, ou, o conforto do futuro – com o fim da pandemia vamos continuar viciados em moletons e liberdade de movimento? A resposta é sim, de maneira mais sofisticada ou mais limpa, dependendo do segmento.

Materiais de toque macio e boa qualidade, cores neutras e claras, elásticos, praticidade e versatilidade são os pontos chave para as coleções futuras inclusive na alfaiataria e no denim, segmentos que não param de se reinventar com muita tecnologia para atender as demandas do consumidor.

Se o conforto não está aparente, ele deve ser sentido. Uma das estratégias sugeridas pela WGSN para todas as marcas é a reedição de best sellers adaptados ao desejo por conforto. Bombers de malha, saias acolchoadas e casacos são inspirações dos desfiles do Inverno 22 que podem influenciar o design da sua coleção. As texturas macias deixam claro o apelo confortável das peças, que devem ser confirmadas pela modelagem inteligente e pelo toque macio.

Compartilhar:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *