Um espaço pensado para compartilhar conhecimento e assuntos relacionados ao universo têxtil, moda, tendências, tecnologias, novidades e tudo o que envolve o dia a dia de quem produz confeccionados. Informações de mercado, publicações segmentadas, entrevistas e insights que podem ajudar a sua empresa a melhorar ainda mais os seus resultados.

A VOLTA DO SEXY

“Chega de moletons e pijamas”, afirma a consultora Gloria Kalil. Para ela, a moda pós pandemia vai ser mais valorizada, com peças ousadas e sofisticadas que não abrem mão do conforto. Este desejo por apelo fashion além das malhas e modelagens amplas já marcou presença na última temporada de desfiles, com o novo conceito de sexy – mais inclusivo, mais confortável, mais natural.

Este novo sexy já faz parte do repertório das gerações mais jovens, é tendência confirmada pelos looks das influenciadoras e inspirou a releitura de várias peças na coleção Primavera 21 de marcas como Givenchy, Miu Miu, Stella McCartney e Victoria Beckham. Comprimentos mini, corsets, decotes profundos nas costas, recortes, couro, transparências, lingerie aparente e muito animal print enfeitam a moda feminina para além do loungewear.

Moda e conforto não são noções contraditórias, conforme explica Gloria Kalil. E com a pandemia (que ainda não acabou), os consumidores percebem que é possível sim vestir as duas opções ao mesmo tempo tanto para relaxar em casa quanto para sentir-se empoderado, mesmo que, em temos de isolamento social, essa comunicação funcione apenas a nível individual.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()